Anunciantes abandonam o Google por sua irresponsabilidade.

Dado que, a internet é um grande meio de comunicação e de liberdade de expressão, encontra-se de tudo. Inclusive aquilo que não concordamos. Isso vem sendo um grande problema para quem a usa como plataforma para veicular sua propaganda, pois nem sempre o que o anunciante quer mostrar é o que está próximo a ele num layout de página e acredite ou não é um empecilho para alguns anunciantes.

Fonte: Mestre do AdWords

Num mundo onde vivemos de imagem e julgamentos por ela, é difícil não associar uma coisa a outra. Por exemplo, se você anuncia algo, quer que a sua mensagem e/ou seu produto chegue da melhor forma ao seu possível cliente, e como conseguir conquistar esse objetivo se o seu anúncio está ao lado de um conteúdo inapropriado ou de algo que não representa sua empresa? É o que os anunciantes têm reclamado e exigido do Google um retorno.

 Recentemente, o Google anunciou que criou medidas para evitar que a publicidade de toda e qualquer empresa esteja ao lado de algum conteúdo impróprio, após uma onda de reclamações.
 O Google oferece métodos de atrair mais clientes, o alcance que deseja e além de alcançar no momento certo eles oferecem um telefone de contato para deixar mais confortável. As ferramentas mais conhecidas são o Google Maps, YouTube e Google Plus, mas também há outras que são mais específicas como o Google Adwords, Google Apps for Business, Google Analytics, Google Meu Negócio e o Hangout.

Fonte: LifeWire

 Philipp Schindler, diretor comercial do Google, afirmou que está ciente de que “seus anunciantes não querem ver seus anúncios ao lado de conteúdo que não está alinhado a seus valores” e que já tomaram uma iniciativa em relação a isso.

A empresa já estava sofrendo com essa situação pois vários anunciantes, como Toyota, Volkswagen, Nissan, BBC, redes de fast food e entre outros, retiraram sua publicidade.

Logo após o pedido de desculpas, Schindler afirma que a empresa irá investir em novos mecanismos para administrar os anúncios pela internet e YouTube.

Indignado com a irresponsabilidade da empresa, o Governo Britânico logo após a retirada dos seus anúncios, diz que o Google já havia sido informado que seria inadmissível esse fato.

 

BOX: Encontre neste link outras ferramentas que o Google disponibiliza para maximizar a sua empresa!(http://www.administradores.com.br/artigos/marketing/25-ferramentas-do-google-para-potencializar-o-marketing-e-disparar-as-vendas/90320/)

 

Deixe uma resposta